Fechar menu

Maus cheiros continuam em Paradela

Aterro continua a dar problemas

O Tribunal Administrativo e Fiscal do Porto refutou provimento ao processo movido pela Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, que pretendia a interrupção da actividade do Aterro Sanitário de Paradela e na causa está o cheiro nauseabundo que afecta cerca de 11 mil pessoas que vivem nos arredores.

Conteúdo reservado a assinantes

Assine o jornal e tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos bem como a edição em PDF confortavelmente no seu pc.

Para assinar faça login com a sua conta na àrea reservada deste site, ou clique AQUI para se registar.

Se já tiver uma assinatura em vigor, após fazer login com a sua conta terá acesso a todos os conteúdos.

Caso, após o login efectuado, ainda não tiver uma assinatura válida, poderá clicar no botão abaixo para assinar e desbloquear assim todos os conteúdos do site.

Assinar o Jornal

Concelho

Barcelos Popular
Texto
12 de Jul de 2023 0

Outras artigos

Um destino adiado

“Pode vir com a carrinha até cá baixo que ninguém ...

desenvolvido por aznegocios.pt